Histórico

As primeiras Irmãs de São Pedro Canísio chegaram a Irati no dia 04 de dezembro de 1958, oriundas de Aparecida – SP, onde se dedicavam ao Apostolado da Boa Imprensa, fixando residência no Bairro Industrial, nomeado hoje como Canisianas. A convite do Padre Ruy Pereira da Congregação da Missão, as Irmãs iniciaram suas atividades em Irati com obras sociais, trabalho apostólico, catequese na capela e nas fábricas, visitas domiciliares, enfim realizando um trabalho de caridade. A pedido do povo do bairro começaram com aulas particulares de datilografia, surgindo depois a ideia de criar uma escola com cursos rápidos como Formação Doméstica, Corte e Costura, Datilografia, Taquigrafia; também foram criados o Pré-Primário e Primário. Com a procura crescente, ampliou-se a rede de ensino, criando o Ginásio do Instituto São Pedro Canísio.
Mais tarde, vieram suprir as necessidades do bairro, o Curso Primário conforme o Método Montessori com material apropriado e o Ginásio de Calendário Especial “Pio XII”. Atualmente, com a criação do Colégio São Pedro Canísio – Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, obra da Congregação das Irmãs de São Pedro Canísio, cuja mantenedora ACEDUC (Associação Canisiana de Educação) tem como meta principal colocar-se a serviço do conhecimento em favor da vida e da esperança para a juventude e comunidade iratiense e da região.

Filosofia e Missão

Fundamentado no princípio filosófico de que a “Educação deve constituir-se no meio eficiente que elevará o homem ao seu destino eterno”, a missão central do Colégio São Pedro Canísio é preparar o cidadão para a democracia, oferecendo condições para que os alunos possam desenvolver suas capacidades, sua identidade pessoal, a sua socialização e a construção de valores, tendo acesso aos conhecimentos que preparam para atuação crítica e participativa na sociedade. Dentro desses parâmetros, queremos construir uma sociedade em que haja os seguintes princípios: Respeito ao próximo, Humanidade, Participação, Espiritualidade, Consciência dos direitos e deveres, Responsabilidade e Igualdade.

São Pedro Canísio

São Pedro Canísio nasceu em Nimega (Holanda), no dia oito de maio de 1521. Seus pais Jacob Kanisius e Aegidia Van Houweningen eram muito religiosos e o educaram na fé. A mãe, de modo especial, marcou profundamente a vida de Canísio pelo exemplo e profunda piedade,muito querida por todos, era uma verdadeira “Serva do Senhor”, como escreveu mais tarde Canísio.
Canisio ficou órfão de mãe muito cedo. Seu pai casou-se novamente. Era prefeito da cidade. Canisio viveu muito feliz na casa de seus pais tanto a sua infância como sua adolescência. Preocupado com a educação de Canisio e desejando que ele tivesse uma carreira brilhante, aos quinze anos de idade o matricúla na Universidade de Köln – Alemanha para estudar Humanística.
Canísio estudou com entusiasmo, lia muito, ajudava os pobres, emprestava seus livros aos colegas e se aconselhava com mestres escolhidos a dedo, que não lhe ensinavam só as ciências humanas, mas também a ciência de Deus, a vida espiritual. Canísio se formou em Direito, fez Doutorado em Filosofia e mais tarde em Teologia.
Enquanto estudava conheceu o padre Nicolau Van Esche que passou a ser seu confessor, ensinou-lhe a meditar e deu-lhe o conselho de ler o Evangelho diariamente. Este padre teve grande influência na vida de Canísio e o ajudou a refletir sobre o futuro e a vocação.
Aos vinte e dois anos de idade, Canísio toma uma grande decisão e ingressa na recém fundada Companhia de JESUS na qual é Ordenado Sacerdote na Festa de Pentecostes, no dia treze de junho de 1546 na cidade de Köln – Alemanha. Sendo um dos primeiro Jesuítas, ele muito colaborou com Inácio de Loyola, ajudando a consolidar a Companhia de Jesus especialmente na Alemanha.
Trabalhou também na Áustria e Suíça. Nestes três países desempenhou, além do trabalho religioso, um importante papel na área da Educação. Fundou vários colégios, foi professor e Reitor da Universidade de Ingolstadt.
Para responder aos apelos de sua Congregação e da Igreja, Canísio enfrentou inúmeros desafios como: transferência, percorreu centenas de quilômetros a pé, transpor montanhas, superar as intempéries do tempo como a chuva ou a neve, os insultos dos adversários na fé, os cargos que lhe eram impostos pela obediência.
Pedro Canísio viveu na conturbada época da Reforma liderada por Lutero e da Contra-Reforma organizada pela Igreja para conter a expansão do Protestantismo. Sendo uma pessoa culta, de uma fé convicta e ao mesmo tempo de muito bom senso e serenidade foi designado por seus superiores para muitas e árduas missões as quais sempre cumpriu em atitude de obediência.
Como representante da Igreja esteve diversas vezes diante de reis desempenhando o papel de conciliador/diplomata; foi presença importante em conferencias, congressos e até no Concílio de Trento como conselheiro nos assuntos relacionados à Teologia. Para defender a fé católica e combater as heresias que se espalhavam assustadoramente pela Europa, o Papa o incumbiu de escrever os primeiros catecismos da Igreja. Por esta razão hoje podemos chamá-lo de o Padroeiro dos Catequistas!
Canísio viveu seus últimos dezessete anos na cidade de Friburgo/ Suíça onde fundou o Colégio São Miguel que funciona até hoje e ainda é considerado um dos melhores da cidade.Localizado dentro do colégio está o quarto de São Pedro Canísio, hoje transformado em capela em memória ao grande Educador e Santo da Cidade.
Faleceu em Friburgo no dia 21de dezembro de 1597. Em 1864 foi beatificado pelo Papa Pio IX. Em 1897 recebeu o título de “Segundo Apóstolo da Alemanha” através do Papa Leão XIII. Em 21 de maio de 1925, foi Canonizado pelo Papa Pio XI e Elevado Doutor da Igreja.

Lema da Vida de São Pedro Canísio: PERSEVERAR
"Diante de qualquer situação, por mais difícil que seja, perseverar na confiança e na fé em Deus."
CANÍSIO, UM HOMEM DE DEUS

Da vida de São Pedro Canísio o que hoje deve ser lembrado e seguido é: O seu exemplo de humildade, o amor a Nossa Senhora e a vida de profunda intimidade com Deus.
A HUMILDADE, embora sendo uma pessoa de profundo conhecimento não foi arrogante diante dos mais simples e não se orgulhou pelas vezes ocupou um cargo ou foi chamado a pregar nas catedrais ou palácios. Em todos os seres humanos respeitou a dignidade de filhos de Deus. Por humildade, ele não aceitou ser Bispo, cargo que lhe foi oferecido por mais de uma vez.
AMOR E DEVOÇÃO A NOSSA SENHORA, durante toda a vida, São Pedro Canísio cultivou um intenso amor filial à Mãe de Deus a qual dedicava especialmente a Oração do Terço. Nos lugares por onde passou sempre se preocupou em fundar uma Congregação Mariana. Em Friburgo, já idoso, cansado e doente ele subia diariamente até o pequenino Santuário de Notre Dame, em Bürglen, para expressar o seu carinho através das orações à sua mãe celeste.
A devoção e o carinho que São Pedro Canísio sentia por Nossa Senhora, fez com que na hora da morte, aos setenta e seis anos de idade, ele tivesse uma “visão” da Mãe de Deus, que veio para consolá-lo naquela hora tão difícil.
A INTIMIDADE COM DEUS, apesar de ser um homem muito ocupado com funções e trabalhos diversos além das incontáveis viagens, São Pedro Canísio sempre reservou tempo para a Oração e Intimidade com Deus. Muitas vezes ele rezava com tanta intensidade que quase entrava em êxtase e ficava nestes momentos “ausente” da realidade. Na oração ele encontrava o vigor e a coragem para perseverar na busca da santidade.

PEÇAMOS QUE SÃO PEDRO CANÍSIO NOS AJUDE A VIVER COM DETERMINAÇÃO E FIRMEZA A NOSSA FÉ!